sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Ninguém Aguenta Mais Tanta Palhaçada.

      Imagino cá com meus botões que não será nada fácil o Brasil se tornar um país de verdade enquanto for governado por canalhas. Infelizmente estamos vivendo uma época onde toda lógica e os critérios de justiça, e + os paradigmas de ética, se perderam nas mãos daqueles que dia e noite não mediram esforços para assaltar diariamente todos nós. Nós, os contribuintes que nada podem fazer diante do que é imposto à força. 
     Infelizmente vivemos à mercê de um estado corrupto. E para onde quer que olhe o cidadão é assaltado para manutenção do status quo (quase que vitalício) dos governantes que há décadas se apropriaram do poder e não querem largar o osso por nada (PSDB + PMDB + PT e os outros P).
    Tivemos durante essas décadas uma educação (convenientemente) montada sobre uma metodologia ineficaz a fim de formar ignorantes funcionais nas classes baixas  e "doutores" (geralmente filhos bem-nascidos de outros doutores e políticos) com total acesso às universidades públicas tipo, USP ou Universidade Pública Federal. Na área da saúde encontramos os hospitais públicos imundos e superlotados que nenhum político desejaria para si ou sua família (mas esses tem planos de saúde top do top). Na segurança, o estado sempre virando às costas para o cidadão de bem ao manter acordos espúrios com organizações criminosas  (dentro e fora das prisões), tornando assim a vida das pessoas um inferno pelo excesso de liberalidade nas ações de criminosos que explodem bancos e caixas eletrônicos a qualquer hora do dia ou da noite, além das festinhas "fecha quarteirão" com música funk estrondosa que rolam através da madrugada para comemorar as bem-sucedidas ações criminosas. A lei aqui no chão virou a lei do mais forte com arma em punho enquanto a viaturas em preto, branco e vermelho são metralhadas nas esquinas. E na questão da aposentaria é outro absurdo sem tamanho o que estão fazendo com aqueles que contribuíram por mais de três décadas e agora se sentem ameaçados em seus míseros proventos. E o pior; quando essa pessoa acima dos seus 60 ou 65 anos que resolveu tempos atrás voltar a trabalhar a regra era pagar à previdência um novo valor, e agora o contribuinte descobre que ninguém sabe para onde foi ou para que serviu os valores pagos para recálculo, já que pela nova regra quem fez a opção pela desapontenção teve agora diminuído sensivelmente o seu provento. O trabalhador jamais deveria ser obrigado a recolher um valor por um benefício que NUNCA vai ter! Fosse a aposentadoria uma coisa séria e nossos "governos" sérios, ninguém precisaria passar por isso. No entanto, vemos que políticos como Michel Temer, Eliseu Padilha e Fernando Henrique Cardoso engordam compulsoriamente suas contas com valores de várias aposentadorias acumuladas. O caso de FHC é um bom exemplo, pois o honorável senhor recebe R$23,300,00 de bolsa ditadura (!) + R$33,700,00 de pensão vitalícia como ex-presidente da república + R$25,000,00 por ser ex-professor da USP. Há também o caso dos juízes de qualquer instância, principalmente os da suprema corte, que vivem num mundo de faz-de-conta ou de "me-engana-que-eu-gosto" com suas "sábias" decisões a respeito de tudo e todos enquanto riem da cara da gente com seus salários exorbitantes, inclusive mantendo os mesmos valores corrigidos depois da aposentadoria. Enquanto isso, nós, os "não-privilegiados", recebemos esmolas com o nome de benefício como se o governo estivesse fazendo um favor a quem não tem mais forças para trabalhar e pagou parte do seu salário por 35 anos. Também tem a questão de pessoas consideradas como ex-terroristas na década de 1960 e 1970 que recebem um auxílio polpudo por terem agido contra o regime de ditadura; assassinando, assaltando bancos e sequestrando - e hoje estão livres, leves e soltas usufruindo do "benefício". Lembrando que também os partidos políticos (35 e indo para mais) recebem milhões através do fundo partidário, dinheiro público que sai do bolso de cada um de nós para a candidatura e gastos de campanha de antigos e novos canalhas.
     Vivemos dias tenebrosos. Precisamos de estadistas de fibra, gente honesta e lideranças novas que pensem no país a longo prazo e não apenas em seus bolsos ou no status de "otoridade". Se é para continuar piorando melhor parar por aqui e deixar tudo do jeito que estava antes. Sugiro que soltem o Cunha, o Cabral, os delatores das empreiteiras e todos acusados por corrupção; liberem o Delcídio e parem de perseguir o Lula, vamos deixar para lá o apartamento no Guarujá ou o sítio de Atibaia, esqueçam essa coisa de lavagem de dinheiro e tráfico de influência... Isso é coisa pouca, é bobagem diante do que outros já fizeram e continuam fazendo... Acabem com a lava-jato e chamem o Sérgio Moro para ser candidato, assim ele sentirá como é o outro lado e acabará se aliando aos que investiga - é inerente, faz parte do instinto natural do ser humano a busca por fama, poder e dinheiro. 
     Que todos aqueles que investigam e causam tumulto na nação com a tal instabilidade política e judiciária esqueçam suas picuinhas e quedas de braço. Tudo isso está mais parecendo uma luta para saber quem fica mais famoso na mídia ou quem ganha cargo mais alto ou grana extra com palestras. 
     Olha só... Prestem atenção... O povo precisa de comida na mesa, o povo precisa de trabalho e contas pagas, o povo quer sorriso e esperança; expectativas boas. O povo já está cansado de saber que quem "chega lá" - nos 3 poderes - é para roubar ou viver das benesses do cargo com carrões muito bem equipados e chofer à disposição + auxílio-moradia e gabinetes com ar condicionado rodeado de uma série de secretárias boazudas com saias justas + os asseclas e puxa-sacos. O povo já sabe que sem acordos para favorecimentos de empreiteiras não existem obras, progresso e nem empregos. Tem sido assim desde o que falsamente chamamos de "Proclamação da República" em 1889 - eu diria república de alguns e democracia para poucos. O povo sabe que o assistencialismo do governo é importante para as camadas mais pobres - exemplo o famoso vale-leite que vem desde o governo Sarney e o "minha casa, minha vida". Então amigos, vamos deixar os canalhas soltos, vamos deixar as mulheres dos canalhas ganharem anéis e brincos de brilhantes. O que tem isso a ver com a gente? É bom assistir de vez em quando na rede globo aquela dancinha regada com champanhe e guardanapo na cabeça em algum lugar chique de Paris, para cada vez mais nos conscientizarmos o quanto somos idiotas. Que tal ganhar um lindo relógio de 4 mil dólares do dirigente de alguma empreiteira? Eu não posso, nós não podemos, mas eles podem. Eles vivem do poder e andam de Range Rover ou Mercedez Benz último tipo e nós vivemos a crise. Será que você ainda não percebeu que nós estamos atrapalhando ao reivindicar alguma coisa? Nós somos apenas massa de manobra dos traidores da pátria, a fim de que alcancem os interesses próprios e dividam o lucro, entende agora? Bons tempos os 16 anos dos governos FHC e Lula quando ninguém se importava tanto assim se havia roubalheira. E a gente tinha até dólar na carteira. Essa atual palhaçada, que ninguém aguenta mais, não vai acabar tão cedo porque eles são egocêntricos e exibicionalistas (dos 3 poderes) - e sem medo algum das ruas. Eles estão brincando com o povo, porque, o povo permite que eles o façam e transformem o país inteiro num puteiro apenas para aparecer no noticiário (que falem bem ou falem mal, mas que falem de mim). A voz da rua parece que não significa nada. Ainda que sejam 1 milhão de vozes em uníssono na Avenida Paulista ou em Copacabana gritando o nome de cada um da corja de canalhas que mereceriam o famoso paredão de Fidel. 
     Somos um povo acovardado feito um lutador à beira do nocaute preso nas cordas e com as pernas dobrando. Então vem um juiz e tira por alguns segundo o algoz de cima da gente para dar um tempinho para respirar, mas continuamos ali, por um fio, em tempo de se esborrachar na lona - o povo está, literalmente, na lona.    
      É melhor mesmo fechar os olhos e deixar tudo como antes porque não haverá tempo nessa vida para construir tantas cadeias para eles, e o dinheiro que é o mais importante jamais voltará ao caixa da nação e nem a nossa vida irá melhorar por que prenderam toda a quadrilha. Afinal de contas, eles são a elite e acabam mais cedo ou mais tarde se safando para morar na Europa ou em alguma ilha grega paradisíaca. E nós continuaremos sendo na escala social uma entre três coisas, ou todas as três ao mesmo tempo, aquelas que começam pela sigla PPP. 
     O foco agora tem que ser outro: cada um precisa ter um lugar para morar com dignidade, é muito importante ter a ceia no natal de 2017 como antigamente, pois a de 2016 já sabemos que vai ser uma porcaria; é legal a família ter um carro (mesmo velhinho) na garagem e imaginar as idas semanalmente ao cinema. Ah, como eram bons os passeios ao zoológico ou algum fim de semana na praia! Como era bom poder estudar e se formar para pagar depois. Como era bom consultar o saldo bancário e não ver apenas o vermelho... Como era bom olhar o horizonte e não enxergar apenas o negro diante dos olhos.  
     Só lembrando aos excelentíssimos senhores que nos representam o parágrafo 1 da constituição: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.


     E tenho dito!

12 comentários:

  1. Temer ainda não caiu por dois motivos: é protegido dos tucanos graúdos e não é mulher. A segunda proteção sempre vai ter, neste país misógino. A primeira expira em janeiro.

    ResponderExcluir
  2. Lições de política:
    você gosta de um cara e se casa com ele, aí passa um tempo, ele te trai e te expulsa de casa com a ajuda das sirigaitas com quem ele sai e se prostitui. Aí azamigas e ozamigos falam que a culpa foi tua por ter aceitado casar com ele. Depois azamigas e ozamigos começam a culpar também os padrinhos e os convidados, que foram à festa e, portanto, têm que aguentar o canalha, já que aprovaram o casamento.
    Contei essa história para uma criança de 3 anos e meio. Ela riu alto e decretou: sério?
    Por aí se deduz..

    ResponderExcluir
  3. Gilmar, o Mendes, aquele rapaz boca mole que impediu a posse de Lula com base no vazamento criminoso de uma gravação criminosa de conversa privada com a Presidente da República, agora quer proclamar ilegais todos os vazamentos, e anular todo o processo da Lava Jato que se baseie nas delações premiadas da Odebrecht.
    Não cogita anular o vazamento Dilma/Lula e muito menos empossar Lula.
    A explicação para o arroubo do moço não está na Constituição que jurou defender, mas nos nomes que constam na lista: com quem, ó deuses, ele irá confraternizar aos domingos, se todos estiverem na detenção?

    Mauro

    ResponderExcluir
  4. Enquanto as pessoas amontoam-se nos corredores dos hospitais no Brasil, os artistas esperneiam pra poderem continuar mamando nas tetas do governo. Só no ano passado, o governo liberou 1.7 BILHÃO (R$ 1.747.345.143,61) só para a "cultura", dinheiro para financiar peças de teatro, entre outras artes... e isso foi muito mais do que o mesmo governo gastou em habitação, saneamento e outras prioridades. ... Como são "honrados" esses nossos artistas... valem tanto quanto o governo que defendem.

    ResponderExcluir
  5. A exploração cada vez maior, desemprego aumentando, servidores públicos sem salários... Ahhhhhhh, mas a turminha "pequeno burguesa revolucionária" segue firme e forte cheia de "mimimi", subdividindo a classe explorada... os ricos (bilionários), agradecem...

    ResponderExcluir
  6. AS FANTASIAS QUE NOS ASSOMBRAM - A evolução das comunicações se revelam um pesadelo. Antes, ao ouvirmos uma voz agradável nossa imaginação a associava à imagem presuntiva de anjo ou coisa parecida. Isso no campo feminino e que repete no masculino. As fábulas e mitos que descrevem heróis sugerem hercúleos seres cuja compleição física e moral arrostava massas por sua altivez de atos ou palavras...Quanta imaginação gratuita e enganosa. A técnica dissolveu tudo. A miniaturização fez dos vultos meros ratos como se vê no presidente golpista. O aplomb dos fardados que se fotografam na mídia faz pensar que só comem pela face de bebês de concurso de nutrição infantil e só deixam a desejar os que supunham encontrar feições humanas ou ao menos tratadas. Não à-toa cai como luva a definição de porcos usada pelo Trump (sem contestação pela valente diplomacia do verme melecófago) quando se vê um heráclito ou gilmar ou fux ou qualquer ...Triste acordar da imaginação! Não há mitos,nem papai Noel e sim exagero de coisas podres. Juizes, imaginados como padrão de decência e honestidade dão a largada na disputa da imoralidade, do roubo descarado ao erário, e açulam e convidam os demais "latros" enrustidos. Nem suas togas escondem bandidos que se revelam a cada palavra. Pior é sua megalomania de pensar que podem se substituir aos eleitores e cidadãos ao dizer o que é bom ao país e se calar quando devem dizer o que é lei de responsabilidade os cães do senado que babavam como hidrófobos e soltos mergulharam o país no caos em que estamos.São típicos malignos que usam a covardia de suas funções para obter benesses e nem retribuem com o serviço a que todos pagamos. Deles é o exemplo que arrasta demais facínoras da sociedade. Dá para ver que políticos de formação intelectual e moral abaixo da mediocridade podem até de boa fé imitar tais togados...ou não? Tudo indica que enveredamos pelo caminho do crime. A realidade está, pois, destruindo tudo o que nosso imaginário tinha como valor. Nosso bastião de moral não passa de um ninho fétido de ratos. Dos demais núcleos de defesa da sociedade NADA se esperava mesmo. Desde 1964 já aprendemos que fardas gostam de se exibir como "american boys" pela doutrinação permanente a que seguem e tudo que antes representava valor e patriotismo já foi descalçado. Preferem ficar limpando as sucatas recebidas dos EUA a ver que deveriam ter honra mesmo que freada pela situação de país ainda em desenvolvimento material. Mas se refestelam em festins de condecoração ao sabotador moro-banestado já que é lídimo representante da bandeira dos EUA.

    ResponderExcluir
  7. Lula é simplesmente um Filho do Brasil, que passou por tudo o que o menor dos brasileiros já passou. Quem assistiu sua biografia naquele filme, não deu pra segurar as lágrimas. Só uma criatura que viveu uma vida cheia de percalços, é capaz de entender o que uma pessoa pode evoluir ainda nesta vida. Bastou a oportunidade que Deus deu pra ele, pra mostrar ao mundo o que é ser um governante que "colocar o pobre no orçamento", é que faz uma Nação crescer. São muitas as mentiras semeadas pela odiosas mídia e invejosos sempre de plantão. Mas não importa. Onde tem um pobre, está lá um LULA. Ele SEMPRE será um vencedor, por ter apostado que só precisa dar oportunidade aos jovens, às crianças deste País e o Brasil será uma enorme Nação !

    ResponderExcluir
  8. Nós tivemos o governo do PT que fez como prioridade a recuperação das camadas pobres e conseguiu em boa parte. Agora veio o governo sob comando dos EUA que vê como exterminar a pobreza com método nazista HOLOCAUSTO. O contubérnio copulativo e incestuoso de togados com a mídia safada está cuidando disso. O GOLPE foi o primogênito. Mais frutos desse enlace incestuoso virão. Eliminação de educação e cultura iniciam o ciclo. A destruição material de qualquer progresso técnico ou estudo de energia já está em curso. O fim de construção naval ou qualquer coisa que honre o pais também. Basta ver o deplorável sentimento de capachos que dominou os fardados que dão medalhas ao sabotador moro-banestado que faz execução do programa de destruição.

    ResponderExcluir
  9. A CLT começa oficialmente a falecer. Já vinha definhando, desfalecendo, fazendo a moribunda. Mas... o governo golpista topou fazer o papel de seu algoz sob a alegação de modernização e fortalecimento da autonomia do trabalhador - que passa a ter a possibilidade de decidir se pode almoçar em vinte minutos ou ter uma jornada de dez horas diárias sem receber hora extra. Sensacional, não? Depois ele negocia "o saldo" em folga, talvez pra uma próxima encarnação, quem sabe?
    Getúlio não era flor que se cheirasse. Não não não. Mas meteu uma bala no peito pra não dar espaço pra udenista e deixou um legado de proteção ao trabalhador brasileiro que desde de 1943 vem dando uma mediada na voracidade com que o capital morde o nosso lombo. Cabô, rapaziada. Aposentadoria, décimo terceiro, FGTS como seguro, jornada de trabalho, garantia de pagamento de hora extra - tudo vala adentro. Se fode aí negociando "direta e autonomamente" com os patrões enquanto o Estado (aquele bem mínimo mesmo) garante os interesses deles.

    Bala no peito de quem?

    ResponderExcluir
  10. Vou dizer uma verdd pra vc, meu Querido Autor! É nojento falar de política no nosso país! Nem tenho mais estomago p/ouvir o noticiário! Só estou aki por exclusiva consideração à vc e seus(as) leitores(as) e pretendo ser mto breve...
    “Se é para continuar piorando melhor parar por aqui e deixar tudo do jeito que estava antes.” Não concordo com a sua colocação, meu caro, pois um erro não justifica outro. O assassino q deu 20 tiros em sua vítima não é pior q aquele q matou com apenas um, ambos mataram então ambos são assassinos!... E não importa se o réu é seu parente ou não, pq criminoso é criminoso.
    As ”...benesses do cargo com carrões muito bem equipados e chofer à disposição + auxílio-moradia e gabinetes com ar condicionado rodeado de uma série de secretárias boazudas com saias justas + os asseclas e puxa-sacos.”, deveriam ser abolidas da constituição e os altos cargos do governo deveriam ser oferecidos cm qlqr outro cargo público, assim somente aquele q realmente desejasse fazer algo bom pelo país se submeteria a concorrer por uma vaga.
    “...é inerente, faz parte do instinto natural do ser humano a busca por fama, poder e dinheiro.” , realmente, mas se fossemos um povo com cultura, patriotismo e educação, cd um seguiria seu caminho com honestidd e usando de seu próprio potencial, não é msm?! Pois o fato é q “Nós, os contribuintes que nada podem fazer diante do que é imposto à força.”, não estaríamos nesta condição se a imensa fortuna q vai p/ o enriqueci/o ilícito e corrupção fosse revertida em educação, saúde, moradia, cultura e outros tnts direitos q são verdadeira/e nossos e saem dos nossos bolsos em forma de impostos e taxas q pagamos com nosso suor!
    Enfim, temos q lembrar a cd segundo e nos conscientizarmos q “Todo o poder emana do povo”, só assim nos fortaleceremos p/ q algo verdadeira/e concreto e bom seja feito pelo nosso país!
    BJSSS - Edneia

    ResponderExcluir
  11. Preços da gasolina e do diesel sobem pela 3ª semana consecutiva... ( COMO NOS VELHOS TEMPOS..)
    "Fora Dilma", né??? e os manifestantes pós impedimento de Dilma, AINDA, cegos, surdos e burros, seguem dizendo que Temer está sendo OBRIGADO a fazer isso, porque o" PETÊ QUEBROU O BRASIL...." Convenceram as massas, que o Brasil estava afundando por conta dos desvios de R$ 20 bilhões na Petrobras e porque Dilma gastou (MAIS DO QUE DEVIA) em saúde, educação e previdência . Ou seja, 73 bilhões de reais em politicas públicas " sem necessidade" segundo eles. Então, TEMER em conluio com o congresso de DIREITa , em sua maioria com o rabo preso com os desvios da PETROBRAS, SONEGAÇÂO FISCAL E CORRUPÇÃO EM CADEIA, resolveram congelar os recursos sociais por VINTE ANOS ( saúde educação e previdência) .Como tb estão aproveitando o pacote para retirar da CLT direitos e garantias ELEMENTARES dos trabalhadores conquistados a mais de 50 anos em favor da FIESC do PATO AMARELO. Além de TAMBÉM, enfiarem goela abaixo da classe trabalhadora uma aposentadoria " PÉ NA COVA"
    Minha gente " INOCENTE" dentro deste contexto caótico,esta CORJA tem dinheiro em caixa para "empresDAR" R$ 105 *bilhões* EU DISSE: cento e cinco BIIIILHÔES, do dinheiro que NOS FALTA às empresas PRIVADAS de telecomunicações e mais alguns MILHÔES á rede Globo. Sem esquecer do aumento VERGONHOSO ao judiciário...Quem se habilita a me corrigir ou acrecentar mais alguma coisa...??????

    ResponderExcluir
  12. Então, pediram o inpeachment da presidente Dilma, agora aguentar o atual ilegítimo fazendo loucuras.. Povo q bateu panela colhendo o q plantou. Se estava ruim com a Dilma, agora iremos amargar com o sucessor.. Andréa Cardoso.

    ResponderExcluir