segunda-feira, 9 de março de 2015

Mulher

     É atribuída à mãe a responsabilidade na formação da maior parte da personalidade dos filhos. De certa forma, numa visão ampla, isto é como posicionar a mulher não apenas como a fonte da vida, mas como o centro do universo de todos nós.
     É óbvio que a missão da mulher é muito importante no modo de vida que temos. A presença da mulher faz com que os filhos, ou pessoas que estão ao seu redor, tenham uma visão e um preparo maravilhoso para a vida. E desta forma possam criar momentos de alegria e felicidade num lar com harmonia e união.
     Bem... Nem todas as mulheres têm essa aptidão ou o conhecimento de como se portar – talvez resida aí a explicação de tantas famílias em crise ou uniões desfeitas. Algumas mulheres insatisfeitas com sua posição chegam a dizer “Os homens são muito folgadões! Se existir reencarnação eu quero voltar como homem!”
     Triste isso. Pois quem pensa assim jamais acredita que os valores de homens e mulheres sejam os mesmos. Porém, quando vem o esclarecimento, a reeducação através do estudo, fica claro que o valor do caráter do ser humano independe de gênero.
     Não estou dizendo aqui que a mulher deve ser um tipo “sabe-tudo”, dicionário ambulante ou subserviente ao homem, no entanto, ela deve ter consciência do seu lugar com toda a sua grandiosidade e força. E desta forma colocar em prática o seu espírito dócil com a mentalidade aberta para as suas atribuições.
     Usando agora uma linguagem um tanto metafórica eu diria que a parte mais importante da mulher é o seu útero. A vida é gerada ali. Mas útero bom é aquele que está vazio. Isso significa que todas as atitudes de uma mulher refletem na geração da vida. Esse útero deve estar sempre puro, limpo e vazio para receber uma nova vida de forma saudável. O útero sadio é vazio. E ele se liga diretamente às boas mensagens da mente. O seu estado saudável reflete atitude de docilidade, alegria, respeito e bons pensamentos que tem perante o próximo e a ela mesma. Caso contrário, poderá ter miomas ou tumores difíceis de curar. Impossibilitando assim a geração de um novo ser. Uma mulher amarga e rancorosa poderá gerar filhos amargos e rancorosos e o seu útero nunca será um útero vazio.
      Toda mulher tem o dom de renascer a cada dia e rejuvenescer a cada ano – a mulher se recria sempre. E no caso de ser jovem não significa que seja imatura, significa sim que vivencia com entusiasmo a vida que pulsa dentro de si – e se for madura já conhece alguns atalhos importantes.
      Amplio essa ideia um pouco mais para dizer que todo ser humano consegue rejuvenescer a cada ano, quando retorna ao espírito de criança. E isso deve ser colocado em prática no dia a dia, por que essa atitude só faz bem ao corpo e a alma. Jesus Cristo ensinou: Em verdade vos digo: “Aquele que não receber o reino de Deus como uma criança, não entrará nele.” Portanto, devemos ser sempre uma criança que nasce em um novo mundo. O exemplo disso é quando recebemos o sorriso de uma criança pequena e no mesmo instante abrimos um sorriso maior. Pois então, como a criança não tem preocupações com o futuro e nem aflições pelo passado, a sua aura infantil sempre irradiará sensações de alegria, pureza e leveza. E igualmente devemos ser.  
      As mulheres não precisam se esforçar para disputar espaço com os homens, pois cada qual tem o seu talento nato e a sua própria missão a desenvolver. Quando uma mulher se torna uma pessoa meiga, gentil, carinhosa, bonita e sorridente (com aquele sorriso de criança), ela cumpre a sua missão ao fazer a felicidade do próximo.
      Algumas de vocês poderão perguntar: “Por que eu devo me preocupar em fazer a felicidade de alguém, se ninguém se preocupa com a minha felicidade”? A resposta é simples: o quanto você oferece é o quanto você recebe. É a lei do dar e receber. Toda mulher jamais deve deixar de lado a sua essência que se baseia no ar infantil de pureza e ingenuidade, e mais ainda, toda a sabedoria, beleza, alegria, doçura e aconchego que carrega em si.
      Talvez o maior poder da mulher esteja na prática da docilidade, pois isso leva ao encantamento e a admiração que outros podem ter por ela. A mulher que recebe com gratidão e humildade o conhecimento que outras pessoas lhe trazem, acaba vivendo melhor, porque coloca de lado a arrogância. E toda aquela que desempenha suas funções de modo extremamente requintado e admirável receberá o reconhecimento sem precisar chamar à atenção de ninguém para os seus afazeres.
       A mulher que respeita as pessoas e entende o sentimento do outro, se colocando no lugar dele, entenderá o significado do amor verdadeiro. Pois essa deve ser sempre a natureza feminina. A mulher sempre será a deusa deste amor verdadeiro e pode livremente manifestar a suavidade em suas palavras, em seus olhares e em seus gestos. Quando isso acontece todos os homens passam a respeitar e aceitar de coração a vontade dela, porque se sentem encantados com a sua docilidade.
      Não é ótimo isso? Não é maravilhoso ser respeitada por essa força grandiosa que toda mulher tem dentro de si? Não é uma dádiva de deus ter o dom de poder se impor de uma forma tão sutil e presente, - sem ser agressiva - dobrando os caprichos de pai, irmãos, marido, namorado, amigos e até estranhos?
      A mulher sabe lidar perfeitamente com todas essas personalidades diferentes, e algumas até bem dissonantes ou estranhas, que a cercam no dia a dia. A sua capacidade vai além, quando reconhece estar mergulhada no sentimento de gratidão e satisfação. Desta forma o seu corpo ficará sempre extremamente saudável, belo e jovem.
      E se ainda não aprendeu, aprenderá. Independentemente de sua idade cronológica. E manterá animo e vivacidade.
      Assim, de uma forma mágica, essa mulher não necessita de nenhum adorno, pois as palavras generosas de apoio e gratidão que saem de sua boca exalam perfumes e o seu sorriso se torna uma coroa de diamantes.

      Você mulher, deusa do amor verdadeiro e muitas vezes incondicional, de onde você estiver fazendo a leitura deste texto, dê um sorriso para mim. Pode ser do aconchego do seu lar, do seu trabalho ou do metrô. Puxa vida... Que coisa boa é isso. Sabia que você tem um sorriso maravilhoso e cheio de virtudes com os dons que deus lhe deu? Esse é o sorriso mais lindo do mundo. O melhor presente que qualquer homem poderia receber em sua existência.
    

10 comentários:

  1. Linda homenagem Renato, são raros q entendem e respeitam, ainda mais nos tempos de hj. Pois tudo virou reciclável.. Poucos percebem q temos nosso valor, vendo o lado bom da pessoa. Andréa Cardoso..

    ResponderExcluir
  2. Gesto sublime seu Autor, com texto descrevendo a áurea de uma mulher, lembrando que geramos e assim dando continuidade as gerações futuras, saiba que nem tudo depende de nós, temos o genitor que é peça fundamental pra ter o ciclo e assim formar a personalidade desse ser vivente. Adriana.

    ResponderExcluir
  3. Agradeço a homenagem que você nos dedicou com tanto carinho. Como retribuição te enviei um belo sorriso, como pediu, rsrs.
    Edna ;)

    ResponderExcluir
  4. O dia é nosso ,mas quem merece os parabéns é você.Lindo texto mais uma vez,conseguiu descrever muito bem as mulheres.Homem sensível,educado,inteligente,só fiquei com uma dúvida você realmente existe ,pois nunca conheci ninguém assim.Como seria bom todos os dias assim como texto ter esse respeito e gratidão.Há e como você pediu eu fiz,dei um belo sorriso talvez um dos melhores pois saiu de dentro do meu coração ,da alma,aquele sorriso feito criança.Beijos querido.

    ResponderExcluir
  5. Palavras bonitas aqui, mas na real nada é praticado e reconhecido pelos homens. Posso estar sendo radical, o meu jeito de ver e conviver.. A violência contra mulher anda em alta. Penso que essa 'Lei Maria da Penha' funcione de verdade. Mas, achei nobre de sua parte, parabenizando nós mulheres! Rita de Cassia.

    ResponderExcluir
  6. Atitudes falam mais que palavras, nos tempos de hoje mulheres sofrem perseguições de várias formas: trabalho, na rua, em casa. Mundo cruel esse. Vivo de forma amedrontada pelos noticiários da tv. É seu autor, nada é flores pra nós mulheres. Fernanda.

    ResponderExcluir
  7. Patricia Ramos Sodero11 de março de 2015 13:21

    Que bela homenagem a nós,mulheres,Sr.Autor.Difícil acreditar que ainda existam homens que pensam assim.Digo isso por tantos casos que vemos hoje em dia,onde já se perdeu noção de tudo,e até uma Lei contra violência,tiveram que fazer,ainda que muito precária,para nos defender.Sempre pensei dessa forma;que todos tem seu espaço e ninguém é melhor que ninguém.Vemos mulheres encarando profissões que antigamente,era prática de homens.Sem medo.Mas,com alguns preconceitos ainda.Não podemos ser radicais em tudo.E acredito(e quero muito continuar acreditando)que homens sensíveis e verdadeiros em seus sentimentos,existem sim!E quando nós,mulheres,encontramos um desses,devemos valorizá-lo da mesma forma que desejamos ser.É a lei do reconhecimento,do"olhar"o próximo como um todo:qualidade e defeitos.Adorei os dois vídeos colocados.Um bem doce,com o toque do piano...singelo.O outro,muito bem escolhido por você,Renato,que mostra todo o contexto da mulher mesmo.
    Só tenho a agradecer,pela parte que me toca.Compartilho com você,um dos melhores sorrisos que poderia dar.E dizer que estou muito feliz de ter voltado a escrever com a frequência de antes.Não podemos ficar sem seus textos!São reflexões que nos fazem bem...
    Parabéns!
    Bjosss e até o próximo! ;)

    ResponderExcluir
  8. Primeira/e quero deixar claro q não me atraio por questões de cunho feministas ou machistas, e nem sou a favor de se estabelecer “dia deste” ou “dia daquele”.
    Sou da opinião de q tds devem se respeitar cm seres humanos independente/e de raça, sexo, credo, idade, posição social, opção sexual, profissão ou seja lá o q for... Cm vc disse, Sr. Autor, os valores de homens e mulheres são os msms!
    Concordo qdo vc diz q é “atribuída” à mãe tnts responsabilidds, e de fato é. Mas isto não significa q tenha q ser assim, pois trata-se de uma condição imposta; não esquecendo, claro, dos laços afetivos entre mãe e filho desde o ventre.
    Acredito q qlqr pessoa, homem ou mulher, seja capaz de desenvolver habilidds q possibilitem a transformação, a transcendência, assim cm tbém são capazes de desenvolver o caos, de não fazer nd por ninguém a não ser por elas msms. Entendo q nestas condições seja dever de tds desenvolver a consciência do seu lugar e a sensibilidd de colocar-se no lugar do outro.
    Bom ou mal, herói ou vilão, mocinho ou bandido, tds nós temos uma missão aki na terra e esta será cumprida ou não de acordo com as nossas escolhas; creio q seja esta a gde diferença, o resto é apenas peculiaridd de cd um!
    Não pense, Renato, q esta seja uma manifestação contrária às suas tão carinhosas palavras, ok? É apenas minha colocação. E p/ comprovar minha sincera admiração, receba c/ seu coração o meu melhor sorriso!!!
    BJSSS – Edneia

    ResponderExcluir
  9. Qual mulher nunca disse: na próxima encarnação quero nascer homem?! Eu já disse isso várias vezes! Será que esse sentimento é verdadeiro? Afinal de contas, são as mulheres que mantém esse mundo girando, que mantém seus lares em harmonia, que geram e criam as pessoas que dele fazem parte. São elas as responsáveis pelo sucesso ou fracasso de um casamento, pois é a mulher que faz o homem, é ela que ditará seu sucesso ou seu fracasso, pois um lar onde a mulher se preocupa e toma as rédeas para si, tem muito mais chance de dar certo!
    As mulheres às vezes se cansam, pois são multiuso, fazem de tudo e ao mesmo tempo, são mães, amigas, esposas, filhas e muitas vezes provedoras do lar e de vez em quando tanta função pode causar desconforto. Mas elas sempre estarão dispostas a cumprir seu papel na sociedade!
    Tá certo que há muito que evoluir, para que o verdadeiro valor da mulher seja respeitado, sem violências, sem discriminações e com igualdade perante os homens. Chegaremos lá, tenho certeza disso!
    Um ótimo texto para comemorar um mês tão importante, o mês da mulher! Parabéns Renato, belas palavras, todas nós agradecemos, bjus.

    ResponderExcluir