terça-feira, 3 de agosto de 2010

THE BEATLES - A REVOLUÇÃO POP

                 No começo, em 1962, os Beatles vestiam roupas de couro preto e usavam cabelo estilo James Dean, até a dissolução do grupo, em 1970, mudaram bastante em termos visuais e principalmente musicais.
Os Beatles enfrentaram as mudanças sociais e culturais do mundo sem medo de desagradar reacionários ou revolucionários. O argumento de John Lennon, porta-voz político do grupo, era o seguinte: todos falam em destruir o sistema, mas acabam colocando um monstrengo pior em seu lugar.
"Revolution" (do álbum branco) seria, então, a expressão máxima de sua visão política. Dizia explicitamente que não contassem com ele nas barricadas, se fosse para engolir a velha história do sistema. E argumentava: Os franceses não haviam inventado essa lenda de liberdade, igualdade e fraternidade? Ao que isso levou? À guilhotina. Os russos não colocaram o trem do marxismo para rodar? E ele não saiu dos trilhos?
A revolução dos Beatles não foi estritamente musical, tiveram grande influência na moda e no comportamento dos jovens na década de sessenta e também na década seguinte.
A banda se notabilizou por ultrapassar os padrões de qualidade das gravações da época, incorporando em suas capas o que de melhor existia na cena pop e expandindo as fronteiras da música popular, ao absorver desde a influência do blues americano até a música concreta do alemão Stockhausen. Prova disso é "Revolution 9".
Muitas das canções dos Beatles não tinham sequer o peso alegórico que muitos fãs gostariam que tivessem. "She´s Leaving Home", do álbum "Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band", faz uso de uma linguagem naturalista porque foi inspirada numa notícia de jornal, sobre uma jovem adolescente londrina de 17 anos que fugiu de casa. Era a tal da sociedade alternativa chamando a moçada. Grande inspiração do tema para nosso maior ídolo do rock nacional, Raul Seixas. A dupla Lennon e McCartney, sempre antenada, resolveu contar essa história. E criou um marco, o melhor disco pop do século 20, cheio de histórias pitorescas e uma visão diferenciada do mundo da época perturbado pela guerra do Vietnã, espionagem internacional e política expansionista americana e soviética.

5 comentários:

  1. Listei na minha lista de blogs do Prog Resenhas. Belo blog por sinal!

    ResponderExcluir
  2. Adorei, simplesmente instrutivo!!! Isso é história da música de forma clara e objetiva, estou baixando as musicas para ouvir!!!

    Sabe, eu não nunca fui muito musical, não entendo muito o que é bom, ruim ou a história que existe por trás dos sons, mas hoje tenho curiosidade de descobrir, tenho curiosidade de ouvir, de aprender a ouvir... Estudar história me fez aprender a ver, a enchegar o que há diante de meus olhos, ler os simbolos, agora é hora de aprender a ouvir... Estou dando meus primeiros passos nessa Odisseia... e obrigada pela ajuda... ando escutando muito os Beatles e conhecer um pouco da história deles de forma mais pessoal, sem ser no formato wikipedia ou artigo acadêmico foi um ótimo começo!!!

    Beijos e estarei te encontrando sempre!!!

    ResponderExcluir
  3. Comecei a escutar Beatles em 1970, tinha 10 anos, não que já fosse um gosto musical ou que já tivesse conhecimento, minha mãe escutava demais rádio, lembro bem que naquela época os garotos começaram a mudar o corte do cabelo, deixam mais compridos onde gerava até brincadeiras, época boa, os adolescentes já começando a mudar comportamento, apareciam as as gírias, escutava dos adultos sobre meus irmãos que tão jovens tipo 12 e 13 anos já se arrumavam para ver as meninas no portão, que no tempo dos meus pais isso já não acontecia, já estava a vista as pequenas mudanças, calças de bocas largas (sino), a voz linda de Pool e Lenon, tenho várias músicas que lembro, Let It Be, Yesterday entre outras, antes dessas claro que tiveram muitas, mas não tenho na lembrança.
    Muito bom contar com esse Blog para estas lembranças gostosas aparecerem.
    Como sempre, quero ler mais e mais.............maravilhoso texto.
    Bjs no coração.

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou fã dos Beatles,mas respeitava o estilo de músicas deles,marcaram muito na época levaram fãs ao delírios e faziam loucuras por isso,srsrs!!!!Bjs Renato.Andréa Cardoso.

    ResponderExcluir
  5. Puxa vida que interessante mais conjunto que você escreve aqui,está de parabéns Renato.Beatles posso dizer que escuto algumas canções deles e diga-se de passagem tudo de bom hein,srsr.Não é a toa que minha irmã Déa fala muito bem do seu blog.Escreve que é uma maravilha a gente viaja no tempo!!!!Bjs.Adriana.

    ResponderExcluir